CIVILIZAÇÃO



O modo de funcionamento duma civilização, nomeadamente o económico (dinheiro), depende do estado involutivo-evolutivo em que se encontram os seres que participam nessa civilização. Os seus dirigentes refletem isso...

Se repararmos bem, podemos constatar que neste momento existem 3 civilizações principais neste planeta, e apesar de estarem relativamente misturadas, cada uma delas ocupa mais ou menos determinada área geográfica.

Essas civilizações correspondem às etapas de desenvolvimento em que se encontra a humanidade, que no seu conjunto está a desenvolver a mente racional lógica (na Atlântida desenvolveu a mente racional emotiva), mas o desenvolvimento da mente racional passa por 7 etapas. As tribos "selvagens" estão a desenvolver a mente racional instintiva, alguns povos, a mente racional emotiva, e a civilização dominante, a mente racional lógica. Mas cada um destes aspetos mentais ainda é subdividido em 7 (correspondendo ao físico, emocional, mental, intuitivo, arquétipo, comum e uno), assim a civilização na qual estamos mais ou menos inseridos está em crise pois está a passar da mente racional lógica tecnológica (física, material) para a mente racional lógica ecológica (emocional, relacional, a ecologia estuda os relacionamentos, o emocional lida com os relacionamentos).

Ainda faltam mais 5 etapas até que esta civilização se complete...

Porém alguns seres já se encontram em etapas de desenvolvimento mais avançadas e pretendem portanto uma civilização que lhes corresponda...

Mas atenção há um pormenor que convém compreender, que diz respeito aos ciclos de manifestação dos seres. Cada ciclo é composto por 2 semi-ciclos, numa fase a consciência projeta-se para a periferia, para experenciar, estruturar um corpo (ou sub-aspetos desse corpo) e portanto diferenciar-se como personalidade e como ego, (o egoísmo é predominante), de seguida a consciência é atraída pelo seu próprio centro (ela mesma), passa por uma crise de desapego (torna-se mais "espiritual" e altruista). Assim o facto de um ser parecer "mais espiritual" não quer dizer que ele seja mais evoluído do que outro que "parece mais egoísta", pois podem estar em ciclos diferentes...

Enquanto não desenvolvermos a mente racional lógica exata, que procura a verdade acima de tudo e atua com extremo rigor e clareza, pensar que já somos intuitivos ou divinos, é fantasia... Sim, claro que o somos "espírito divino", mas só no nível de consciência espiritual, que só é tocado quando estamos em real meditação, quando o ser consegue estabelecer a ligação entre os seus níveis de consciência, alinhar-se e sincronizar os "seus corpos". Mas até atingirmos esse estado no dia-a-dia, em "consciência de vigília", ainda falta muito...

A 4ª, verdadeira, civilização só se poderá manifestar quando houver um número suficiente de seres a começar a desenvolver a mente racional intuitiva (com as suas 7 etapas e 7 sub-etapas).

Ora, atualmente, neste planeta, raros são os seres que já estão a desenvolver a mente racional lógica exata, por isso o que é possível para um futuro próximo é desenvolver uma sub-civilização, que corresponde às etapas de desenvolvimento em que se encontram estes seres, relativamente mais avançados, seres que se encontram na 2ª fase do seu ciclo de manifestação na mente racional lógica emotiva intuitiva, ou arquetípica, ou comum, ou una. Estas sub-etapas "superiores" e abstratas do mental são mais criativas, sábias, amorosas e unificadoras. Assim esta sub-civilização, constituída pelos poucos seres que já se encontram nestas fases de desenvolvimento, tem essas correspondentes características.

Sim, já é possível desenvolver algumas comunidades, cada uma com as suas características... Os seus arquétipos já aqui estão... Temos de imaginar a verdade... e precipitá-la, com as devidas adaptações, no nosso viver...